Estranham

Estranham os que percebem que aos quarentamaisum sigo por caminhos diferentes dos que segui até agora. Estranham aqueles que fazem caras de espanto ao perceberem que há uns anos mudei de vida e neste  momento caminho a passos largos para mudança profissional. Interrogam-me aqueles que não entendem que aos quarentamaisum eu queira apenas ir para onde sinto que devo ir, fazer o que sinto que quero fazer mesmo que isso signifique apanhar outro qualquer comboio rumo a um destino para muitos inesperado mas para mim tão desejado. Estranham os que me pensam conhecer mas que afinal não conhecem nada, porque os meus, aqueles que me conhecem em vez de estranhar aplaudem, em vez de interrogar incentivam e em vez de se espantar ajudam.

 

Eu sei, não é muito comum mas eu faço  questão de ser mãe, mulher mas sempre e incondicionalmente Eu Mesma.

 

tags: , ,
publicado por Marta às 23:01