Quinta-feira , 13 de Maio DE 2010

Noticias em Forma de Post

Lá por fora temos a maré negra nos Estados Unidos, a nuvem vulcânica que vai e vem, a Grécia em pé de fogo e um mundial que está prestes a arrancar. Temos os desemprego a disparar, a crise económica a agravar-se mas temos sem sombras de duvidas sobreviventes cujo sorriso não se apaga e cuja a esperança nunca morre.

 

Cá por dentro temos o Sócrates a dizer que crescemos economicamente, temos o aumento de impostos (aqueles que o governo insistia que não iam subir), temos o aumento do desemprego, temos a visita do papa e temos feriados disfarçados de tolerâncias de ponto. Cá por dentro não sei se acreditamos ou se nos é mais fácil fingir que não se passa nada.

 

Cá por casa verificámos que estamos sem vir aqui há muito tempo. A correria é mais que muita e a preguiça para actualizar o blog tornou-se uma variável constante nos meus dias. Cá por casa chegámos à conclusão que hoje mais que ontem e de certeza que menos que amanhã nos sentimos bem com quem somos e com quem estamos. Cá por casa não interessa que o candeeiro tenha caído, que os canos continuem entupidos, que a gaveta não volte a ser quem era, que percamos o carro sempre que o estacionamos, ou mesmo que a conta bancária ande sempre por mares nunca antes navegados, porque cá em casa interessam os sorrisos nos pequenos momentos, as gargalhadas dadas com vontade, os abraços espontâneos mas sobretudo o descanso do guerreiro quando encostamos a cara na almofada e pensamos que não trocaríamos isto por nada neste mundo.

 

Eu? Continuo assim muito mãe, muito mulher mas sobretudo eu mesma.

publicado por Marta às 12:01
Sexta-feira , 12 de Março DE 2010

Noticias em Forma de Post

 


 

Hoje dia 12 de Março de 2010 devo confessar que ando um bocado a leste do que se passa lá por fora. Sei que o mundo continua a girar mas cá por casa dedicamo-nos cada vez mais a novos projectos, aos filhos e ao novo amor. Assim de repente recordo as greves na Grécia mas também o sentimento de que todos se precisam de sacrificar, recordo os óscares e a surpresa de ter sido um filme com baixo orçamento que se destacou, recordo a derrota do Porto, a neve em Espanha e os abanões que o planeta nos está a dar a um ritmo assustador.


 

Cá por dentro não só ando a leste como evito ao máximo ouvir noticias. Sinceramente tenho de confessar que me sinto cansada de escutas, casos e complots. Sinto-me cansada de ouvir acusações sem que ninguém seja julgado, sinto-me cansada de todos os escândalos que envolvem a nossa politica sem que ninguém se demita ou seja demitido. Cá por dentro destaco a campanha do “arredondamento” pela Madeira, a vitória do meu sporting e o choque que levei com o “suicidio” de uma criança que sofria nas “mãos” de outras crianças.


 

Cá por casa decidimos arrumar a papelada toda e descobrimos que: Sim é verdade eu de facto não paguei aquela factura à tmn como insisita em dizer que sim uma vez que a mesma estava fechada dentro do envelope assim como a tirei do correio. O cartão multibanco afinal tinha chegado eu é que não dei por isso. O cheque universo afinal tinha sido emitido há tanto tempo que até perdeu a validade e o condominio tinha efectivamente enviado as contas. Cá por casa corremos - e atenção aviso desde já que agora é a parte em que vai tudo levar a mão á cabeça – para o cabeleireiro a achar que tinhamos apanhado piolhos mas afinal era só uma alergia, aprendemos que se formos dando pulinhos enquanto nos tentamos enfiar numas calças acabamos por entrar e, andamos aouvir aquilo que nunca pensámos ouvir “olha lá não achas que é melhor começares a ter cuidado com o que comes?”Cá por casa apanhámos outro susto quando a mãe foi internada com uma pneumonia e apesar do optimismo constante tenho de confessar que a preocupação se instalou.


 

Eu? continuo assim muito mãe, muito mulher mas sobretudo Eu mesma.

publicado por Marta às 00:10
Sexta-feira , 05 de Março DE 2010

Noticias em Forma de Post

Hoje dia 5 de Março de 2010 o mundo continua a girar ou melhor dizendo a tremer e as catástrofes são mais que muitas. Para vos ser sincera tenho momentos em que paro e que sou assolada pela angústia de que “aquilo” um dia me poderá acontecer a mim.

 

Cá por dentro destaco a vitória do meu Sporting sobre o Porto, os cochichos sobre o Sócrates e a catástrofe na nossa Madeira. Faço uma vénia ao nosso espírito de entre ajuda e solidarizo-me com todos aqueles que sofrem não só pelo que perderam mas principalmente pelo que tem pela frente.

 

Cá por casa ele cuida delicadamente da gaveta moribunda e diz-me com ar mais doce do mundo que preciso mesmo de uma gaveta nova, eles continuam a esquecerem-se das mochilas, a molengarem de manhã e a dizerem que a minha comida é de difícil ingestão. Eu andei um dia inteiro a cheirar a “gajo” porque me enganei na amostra de perfume, tirei as unhas de gel e constatei que as minhas deixaram praticamente de existir, e continuo sem achar graça nenhuma ao facebook. Cá por casa festejamos o aniversário com um dia de férias, um almoço à beira mar e a certeza de que um dia fizemos a escolha certa.

 

Eu? Continuo assim muito mãe, muito mulher mas sobretudo Eu mesma.

 

publicado por Marta às 00:00

mais sobre mim

pesquisar

 

Dezembro 2011

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
30
31

posts recentes

últ. comentários

  • Que saudades tinha de ler um texto seu."Apetece-me...
  • Recados Animados de Natal
  • Olá. Tem de aparecer por cá com mais frequência.Fa...
  • Olá Marta!Já tinha notado a tua ausência da blogoe...
  • ... e boa Páscoabeijocas
  • C'est vrai. :)
  • Cantinho,um obrigada pelas tuas palavras... vai no...
  • Acho que todos, inclusivé os políticos precisavam ...
  • E viva a "melice"!!! :-DAdorei a junção das histór...
  • Meu querido ,acredita que estou a retirar um tempi...

mais comentados

arquivos

tags

links

subscrever feeds