Terça-feira , 01 de Junho DE 2010

Sem Manual de Instruções

Sem manual de instruções tenho momentos em que me sinto perdida porque sei  que qualquer decisão minha pode ter danos colaterais. Sem manual de instruções sei que uma decisão minha pode fazer a diferença, pode marcar não só para a vida mas uma vida. Sem manual de instruções sigo a intuição, as minhas vivências as observações que faço e as necessidades deles. Sem manual de instruções vou caminhando pé ante pé umas vezes à frente, outras ao lado e por fim atrás. Tento fazer puzzles e montar os legos do respeito, dos principios e de tudo aquilo em que acredito.

 

Sei que umas vezes falho sei que outras acerto, sei que por muitos abraços que lhes dê nunca serão suficientes, sei que por muito que lhes diga que os adoro nunca lhes vou dizer na quantidade exacta, sei que por muito que os proteja nunca os vou proteger o suficiente, sei que por muito que tente nunca vou estar livre de falhar, sei tudo isso porque sou apenas mãe.

 

Sem manual de instruções e contra  todas as regras impostas entre adultos e crianças eu digo-lhes que estou cansada, eu peço-lhes desculpa quando falho, eu choro e rio, eu reconheço que sou uma nódoa na cozinha, e quando bato com o carro são sempre os primeiros a saber. Sem manual de instruções e contra todas as regras impostas eu continuo a a arrastá-los para os filmes de desenhos animados e a rir que nem uma hiena e  a reclamar constantemente mas orgulhosa no papel de uma motorista eficiente.

 

 

Com ou sem manual de instruções eu assumo-me como mãe perfeita dentro da minha imperfeição porque é assim que sou e é só assim que sei ser.

 

Nota: a parte de estragar roupa na máquina de lavar, de partir copos constantemente e de passar a vida a queimar torradas não é defeito ... é tão e somente feitio

 

 

publicado por Marta às 00:01
Segunda-feira , 31 de Maio DE 2010

Noticias em Forma de Post

Lá por fora tivemos a Sarah Ferguson a querer “vender” o marido e este a perdoá-la, a Riahanna a informar que quer fazer mais tatuagens e Ronaldo em clima de romance.Temos a tensão entre as duas Coreias e Israel ataca barcos com ajuda humanitária. Hoje é o dia mundial sem tabaco e a Mourinho é efectivamente treinador do Madrid.

 

Cá por dentro segundo consta o ciclo dos juros baixos a três meses terminou, o rock in rio fecha com Circo dos Rammstein e a Bolívia está interessado no Magalhães. Carrilho elogia Barbara Guimarães e Sofia Cerqueira assume namoro com o filho do ex-presidente da República.  

 

Cá por casa a gaveta caiu finalmente, os miúdos estão em passo acelerado e a mim apetece-me andar em câmara lenta. Cheira-me a férias, a praia, a mar e toda uma quantidade de outras coisas das quais sinto falta … cheira-me acima de tudo a descanso. Cá por casa estamos a necessitar de uma paragem numa estação de serviço não só para atestar mas principalmente para olharmos para o mapa com atenção, verificarmos coordenadas e definirmos prioridades.

 

Sim! Cá por casa também ralhamos, refilamos e por vezes choramos. É que não sei se já tinham dado por isso mas cá por casa somos apenas aquilo que sempre fomos … humanos.

 

 

Eu? Continuo assim muito mãe, muito mulher mas sobretudo eu mesma.

 

publicado por Marta às 15:42
Segunda-feira , 24 de Maio DE 2010

Noticias em Forma de Post

Lá por fora o vulcão parece que se sossegou, a maré negra continua imparável e o Mourinho convenceu-nos do que andou a dizer este tempo todo Ele é de facto o Melhor. Apichatpong Weerasethakul (não duvidem é mesmo verdade o senhor chama-se assim ) vence a palma de ouro em Cannes. As celebridades rendem-se ao rosa e Janet Jackson tem nova paixão.

 

Cá por dentro consta que o pessoal que foi assistir ao treino da selecção no domingo ficou zangado, consta também que Carlos Queiroz tem confiança nos seus jogadores e que embora Mourinho diga que não Queiroz insiste que sim. Ontem tivemos entrega de Globos de Ouro e o desfile de vaidades contrariou uma crise que nos insistem relembrar.

 

Cá por casa estamos na recta final das escolas, tivemos o primeiro dia de praia e com este a tentativa de caber dentro de uns bikinis que acredito terem encolhido durante um Inverno chuvoso. Cá por casa andamos maravilhadas com o facto de efectivamente vermos muito melhor, convencemo-nos do facto de termos de fechar a boquinha e continuamos a resistir àqueles bolos que insistem em sorrir-nos sempre que vamos ali apenas e tão-somente para tomar café. Cá por casa continuamos sem perceber porque é que as natas nunca se transformam em chantily e porque é que não passa um único dia sem cheirar a esturricado.

 

Eu? Continuo assim, muito mãe, muito mulher mas sobretudo Eu mesma

publicado por Marta às 09:57
Quarta-feira , 19 de Maio DE 2010

Noticias em Forma de Post

Lá por fora continuamos a ter a maré negra nos Estados Unidos e o assumir de uma nação que não consegue lutar contra isso, a nuvem vulcânica que continua a brincar com a economia de uma Europa que precisava de tudo menos disto. Grécia e Tailândia continuam em pé de fogo. A miss América é arábe e Robert Pattinson para além de não se sentir sexy confessa que queria ser rapper.

 

Cá por dentro continuamos com um Primeiro que nega que estejamos quase na bancarrota e que se comporta em conferencias de imprensa como se tivesse numa entrega de Óscares. Cá por dentro tivemos o papa e os feriados sem razão para uns e com toda a razão para outros, tivemos a aprovação da lei dos casamentos gay, o casamento da Luciana Abreu, a noticia que Barbara Guimarães vai ter uma menina e a satisfação de vermos a “nossa” Daniela Ruah na lista das mais belas.

 

Cá por casa apercebemo-nos que temos cada vez mais tempo para nós. Os miúdos estão cada vez mais autónomos, mais engrenados e a aprender a voar. O papel de motorista está-se a sobrepor a todos os outros e continuamos a ter que ter cuidado com o que comemos, Cá por casa somos do Sporting mas estivemos “engarrafadas” nos festejos da vitória do Benfica, continuamos a queimar as torradas e a nunca saber onde pusemos qualquer coisa, admitimos finalmente a necessidade urgente de óculos novos e pasme-se o mundo ficou maior, mais nítido e com menos propensão ao disparates. Sim! Cá por casa somos distraídas, não sabemos cozinhar, somos convictas de decisões e certas de vontades. Eu? Continuo assim muito mãe, muito mulher mas sobretudo eu mesma.

publicado por Marta às 10:09
Quinta-feira , 13 de Maio DE 2010

Noticias em Forma de Post

Lá por fora temos a maré negra nos Estados Unidos, a nuvem vulcânica que vai e vem, a Grécia em pé de fogo e um mundial que está prestes a arrancar. Temos os desemprego a disparar, a crise económica a agravar-se mas temos sem sombras de duvidas sobreviventes cujo sorriso não se apaga e cuja a esperança nunca morre.

 

Cá por dentro temos o Sócrates a dizer que crescemos economicamente, temos o aumento de impostos (aqueles que o governo insistia que não iam subir), temos o aumento do desemprego, temos a visita do papa e temos feriados disfarçados de tolerâncias de ponto. Cá por dentro não sei se acreditamos ou se nos é mais fácil fingir que não se passa nada.

 

Cá por casa verificámos que estamos sem vir aqui há muito tempo. A correria é mais que muita e a preguiça para actualizar o blog tornou-se uma variável constante nos meus dias. Cá por casa chegámos à conclusão que hoje mais que ontem e de certeza que menos que amanhã nos sentimos bem com quem somos e com quem estamos. Cá por casa não interessa que o candeeiro tenha caído, que os canos continuem entupidos, que a gaveta não volte a ser quem era, que percamos o carro sempre que o estacionamos, ou mesmo que a conta bancária ande sempre por mares nunca antes navegados, porque cá em casa interessam os sorrisos nos pequenos momentos, as gargalhadas dadas com vontade, os abraços espontâneos mas sobretudo o descanso do guerreiro quando encostamos a cara na almofada e pensamos que não trocaríamos isto por nada neste mundo.

 

Eu? Continuo assim muito mãe, muito mulher mas sobretudo eu mesma.

publicado por Marta às 12:01
Sexta-feira , 19 de Março DE 2010

Noticias em Forma de Post

Hoje dia 19 de Março de 2010 o mundo continua a girar lá por foram somam-se os escândalos de pedofilia que envolvem padres e crianças. Inquérito confirma envolvimento da ETA no assassínio de polícia francês, Bruxelas ameaça levar Portugal a tribunal por poluição atmosférica e está confirmada a visita de Obama a Portugal. O George Clooney continua embeiçado, e Quentin Tarantino quer lady Gaga num filme seu.

 

Cá por dentro continuamos a ouvir falar da crise, do Pec, das greves e nos não aumentos. Oliveira e Costa vai a julgamento e continua em prisão domiciliária, Santana Lopes lançou a confusão com a lei da rolha no congresso do PSD, o Governo decidiu dar tolerância de ponto na Quinta-Feira Santa, Pinto da Costa tem uma nova namorada com 23 anos e Alexandra Lencastre afinal não está grávida.

 

Cá por casa continuamos na mesma, a mãe continua internada, o canalizador não aparece, o carpinteiro tornou-se necessário e Ele teve de dar um jeito à torneira da cozinha. Continuamos a engordar e a única solução que encontro é cozer a boquinha porque a vontade de comer tudo o que me aparece à frente é mais que muita. Ele é um querido e diz que são preguinhas de amor eu apesar do romantismo inerente tenho a certeza que são banhas.

 

Eu? Continuo assim muito mãe, muito mulher mas sobretudo Eu mesma.

 

publicado por Marta às 00:15
Sexta-feira , 12 de Março DE 2010

Noticias em Forma de Post

 


 

Hoje dia 12 de Março de 2010 devo confessar que ando um bocado a leste do que se passa lá por fora. Sei que o mundo continua a girar mas cá por casa dedicamo-nos cada vez mais a novos projectos, aos filhos e ao novo amor. Assim de repente recordo as greves na Grécia mas também o sentimento de que todos se precisam de sacrificar, recordo os óscares e a surpresa de ter sido um filme com baixo orçamento que se destacou, recordo a derrota do Porto, a neve em Espanha e os abanões que o planeta nos está a dar a um ritmo assustador.


 

Cá por dentro não só ando a leste como evito ao máximo ouvir noticias. Sinceramente tenho de confessar que me sinto cansada de escutas, casos e complots. Sinto-me cansada de ouvir acusações sem que ninguém seja julgado, sinto-me cansada de todos os escândalos que envolvem a nossa politica sem que ninguém se demita ou seja demitido. Cá por dentro destaco a campanha do “arredondamento” pela Madeira, a vitória do meu sporting e o choque que levei com o “suicidio” de uma criança que sofria nas “mãos” de outras crianças.


 

Cá por casa decidimos arrumar a papelada toda e descobrimos que: Sim é verdade eu de facto não paguei aquela factura à tmn como insisita em dizer que sim uma vez que a mesma estava fechada dentro do envelope assim como a tirei do correio. O cartão multibanco afinal tinha chegado eu é que não dei por isso. O cheque universo afinal tinha sido emitido há tanto tempo que até perdeu a validade e o condominio tinha efectivamente enviado as contas. Cá por casa corremos - e atenção aviso desde já que agora é a parte em que vai tudo levar a mão á cabeça – para o cabeleireiro a achar que tinhamos apanhado piolhos mas afinal era só uma alergia, aprendemos que se formos dando pulinhos enquanto nos tentamos enfiar numas calças acabamos por entrar e, andamos aouvir aquilo que nunca pensámos ouvir “olha lá não achas que é melhor começares a ter cuidado com o que comes?”Cá por casa apanhámos outro susto quando a mãe foi internada com uma pneumonia e apesar do optimismo constante tenho de confessar que a preocupação se instalou.


 

Eu? continuo assim muito mãe, muito mulher mas sobretudo Eu mesma.

publicado por Marta às 00:10
Segunda-feira , 08 de Março DE 2010

E porque sou mulher

 

Podia-vos falar de todas aquelas que decidiram seguir uma carreira e abdicaram de uma familia. Podia-vos falar das que não pensaram ter familia e hoje são mulheres de sucesso. Podia-vos falar das que se dedicam a ser mães a tempo inteiro e das que o são em part-time. Podia fazer uma vénia ás que se desdobram nos multiplos afazeres entre casa, familia e emprego. Podia abraçar aquelas que disseram um basta nesta ou naquela situção e decidiram mudar de rumo. Podia falar-vos das que se acomodam a diversas situações que considero mais ou menos normais. Podia reclamar contra ao facto de existirem poucas mulheres em determinados cargos, podia reclamar contra ainda existirem mulheres a serem despedidas só porque estão grávidas, podia reclamar contra o pagamento de salarios diferentes para funções iguais.


 

Podia descrever as que se cuidam, as que se maquilham, as que decidiram deixar de fumar e as que continuam a fazê-lo. Podia mencionar as que se divorciaram, as que se mantem casadas, as que nunca deixaram de ser solteiras e até aquelas que enviuvaram. Podia falar das que sorriem e das que choram, as que protegem e as que deviam ser protegidas, as que falam muito e as que nada falam, as que se conformam e as que protestam.


 

Podia mas não quero. Quero-vos apenas falar daquelas que um dia lutaram por aquilo que hoje nos permite optar sermos quem somos, das que lutaram para termos o que temos, das que se arriscaram por direitos iguais numa sociedade desigual, das que um dia decidiram ser mais do que objectos decorativos.


 

A elas um muito obrigada porque é por elas que hoje Nós Mulheres (na nossa grande maioria) podemos decidir quem queremos ser, que caminho seguir e com que queremos caminhar.

publicado por Marta às 00:10
Quinta-feira , 04 de Março DE 2010

É Hoje .... 40 + 1

 

Aos quarenta limitei-me a pedir que a vida me continuasse a sorrir como tinha sorrido até então. Aos quarenta libertei-me efectivamente de medos e corri atrás dos meus sonhos. Aos quarenta viajei, sorri, encontrei-me e consequentemente encontrei-o.

 

Aos quarenta aprendia a gostar de ser quem sou, a sorrir para o que importa realmente e a aproveitar cada minuto que a vida me proporcionar.

 

Aos quarenta aprendi a viver o presente desligada do passado e sem medo no futuro, aprendi a ser quem sou independentemente de quem querem que seja.

 

Hoje, entrada nos 40 + 1 apenas desejo continuar assim muito mãe, muito mulher mas sobretudo e acima de tudo Eu Mesma.

 

publicado por Marta às 00:00

mais sobre mim

pesquisar

 

Dezembro 2011

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
30
31

posts recentes

últ. comentários

  • Que saudades tinha de ler um texto seu."Apetece-me...
  • Recados Animados de Natal
  • Olá. Tem de aparecer por cá com mais frequência.Fa...
  • Olá Marta!Já tinha notado a tua ausência da blogoe...
  • ... e boa Páscoabeijocas
  • C'est vrai. :)
  • Cantinho,um obrigada pelas tuas palavras... vai no...
  • Acho que todos, inclusivé os políticos precisavam ...
  • E viva a "melice"!!! :-DAdorei a junção das histór...
  • Meu querido ,acredita que estou a retirar um tempi...

mais comentados

arquivos

tags

links

subscrever feeds